Teste

image

Teste

Teste

Teste

Atrações – Festival Pernambuco Nação Cultural – Gravatá

Simple Plan confirma show no SWU no dia de Faith No More e Megadeth

O grupo canadense Simple Plan confirmou show no festival SWU, por meio da agenda publicada no site oficial da banda. O quinteto de pop rock se apresenta em 14 de novembro, no mesmo dia de Faith No More, Alice in Chains, Stone Temple Pilots e Megadeth.

A banda formada por Pierre Bouvier (vocais), Chuck Comeau (bateria e vocais), David Desrosiers (baixo e vocais), Sebastien Lefebvre (guitarra e vocais) e Jeff Stinco (guitarra) é a primeira atração anunciada do palco New Stage, área menor do que o palco principal.

O primeiro lote de ingressos para o festival começou a ser vendido no dia 11 de julho, pelo site www.ingressorapido.com.br. As vendas pelo telefone (4003-1212) funcionam de segunda a sábado, das 9h às 22h, e nos domingos e feriados das 11h às 22h. Ingressos também podem ser adquiridos em 67 pontos de venda espalhados pelo Brasil (veja endereços).

O SWU terá quatro palcos e cerca de 70 atrações em uma área quatro vezes maior que a fazenda Maeda, em Itu, que recebeu a edição passada. São esperadas 70 mil pessoas por dia.

Produtora Cultural Colaborativa: Oficinas ajudam a formar profissionais em Gravatá (PE)

Há dois anos, o guitarrista Ricardo Silva, 44 anos, montou um estúdio de música. De lá pra cá, ele aproveita todas as oportunidades para aperfeiçoar os conhecimentos. De ouvidos atentos, não deixa escapar nenhuma informação da oficina de gravação e edição de áudio, um dos cursos de comunicação comunitária promovidos pela Produtora Cultural Colaborativa, que integra a programação do Festival Pernambuco Nação Cultural – 13ª Festa da Estação em Gravatá.

Assim como Ricardo, outras 70 pessoas se inscreveram para aprender sobre jornalismo online, filmagem e edição em software livre, fotografia e rádio comunitária, além de áudio. Os alunos são profissionais buscando capacitação e também amadores que se interessam pelo mundo audiovisual da comunicação. “É muito bom poder dar opções às pessoas. É possível provocar nelas a vontade de ser jornalista, por exemplo. É nossa responsabilidade ajudar na formação dessas pessoas”, defende o oficineiro de jornalismo online João Paulo Seixas.

Vanessa de Oliveira, 23 anos, é jornalista e recentemente concluiu uma pós-graduação em Assessoria de Imprensa. Ela é responsável pela comunicação de uma loja de roupas e precisa apronfudar os conhecimentos em mídia digital. “A oficina de web jornalismo é perfeita para me fornecer esse suporte. Faço um trabalho de divulgação em blogs e no
twitter, tenho que saber bem como usar essas ferramentas online”, disse.

Já Maria Tamires Ferraz é apaixonada por fotografia. Estudante de Turismo, é dona de uma agência e enquanto os clientes praticam rapel e escaladas, ela registra os momentos. “Sempre quis fazer um curso, agora é a melhor hora, estou adorando”, garantiu. Luís Eduardo Franco, 41 anos, procurou a oficina de vídeo com o objetivo de aprender como se produz vídeos institucionais. “Sou editor de três revistas e estamos querendo implantar uma produtora na empresa”, contou.

As oficinas acontecem no Centro Desportivo Gravataense no período da tarde e vão até sexta-feira.

Palco Livre

Artistas de rua também têm espaço no Festival Pernambuco Nação Cultural. A Produtora Cultural Colaborativa promove uma grande confraternização com os alunos das oficinas e o público em geral nesta sexta-feira. É o Palco Livre, pronto para receber as mais diversificadas expressões artísticas gravataenses. O encontro será no Coreto, a partir das 17h.

 

Innocence – Bjork

Produtora Cultural Colaborativa promove oficinas de cultura digital nos Festivais PE Nação Cultural

Após o sucesso das ações no Casarão dos Pontos de Cultura dentro do Festival de Inverno de Garanhuns, a Produtora Cultural Colaborativa segue pelo interior do estado realizando oficinas nas edições do Festival Pernambuco Nação Cultural. As oficinas serão realizadas entre julho e agosto de 2011 nas cidades de Triunfo, Pesqueira, Taquaritinga do Norte e Gravatá.

As oficinas são destinadas a jovens que atuam nos espaços multimídia dos pontos de cultura, telecentros e pontos de incusão digital que desejam potencializar o seu trabalho de produção e o uso do seu kit multimídia com software livre.

Detalhamento das Oficinas:

A) Oficina de Fotografia

Iniciação à Fotografia
Vagas: 15 alunos
Carga horária: 20 horas/aula
Noções básicas de fotografia, manuseio de câmeras digitais, iluminação, velocidade; fotojornalismo, retratos; prática registrando atividades do Festival Pernambuco Nação Cultural.

Oficineiro: Celso Costa

Ponto de Cultura: Pé-de-Serra

B) Oficina de Filmagem e Edição em Software Livre
Vídeo – Filmagem e Edição
Vagas: 15 alunos
Carga horária: 20 horas/aula
Manuseio de câmera, planos de filmagem, técnicas de iluminação, captura de áudio, Noções básicas de edição de vídeo; Ferramenta livre de edição de vídeo KdenLive, técnicas de cortes, sincronização de áudio e video, transições, chroma key, prática de registro e edição dos eventos realizados no Festival Pernambuco Nação Cultural.

Oficineiro: Eduardo Lima e Denis Ramos

Ponto de Cultura: CUCA Recife

C) Oficina de Gravação e Edição de Áudio
Áudio – Edição e Mixagem
Vagas: 15 alunos
Carga horária: 20 horas/aula
Noções básicas de edição de áudios, utilizando Audacity e Ardour, captura, equalização, técnicas de cortes, efeitos e mixagem, prática durante as apresentações de palco do Festival Pernambuco Nação Cultural.

Oficineiro: Leo Guedes e Daniel Luis

Ponto de Cultura: Coco de Umbigada

D) Oficina de Jornalismo Online
Jornalismo web, blogs, redes sociais e Arquivos Digitais Portal Pernambuco Nação Cultural
Vagas: 15 alunos
Carga horária: 20 horas/aula
Noções básicas de texto jornalístico para internet; como montar e gerenciar um blog; redes sociais como ferramenta integrada ao blog; como criar seu espaço no Portal iTEIA; Criação de reportagens e cobertura em redes sociais do Festival Pernambuco Nação Cultural.

Oficineiro: João Paulo Seixas

Pontão de Cultura Digital iTEIA

E) Oficina de Montagem de Rádios Comunitárias

Funcionamento de Rádios Comunitárias e Livres
Vagas: 20 alunos
Carga horária: 20 horas/aula
Equipamento para montagem de rádios livres; como fazer um programa de rádio; apresentação; entrevistas; programação. Elaboração de um programa de rádio que será transmitido diariamente em FM durante os dias do Festival Pernambuco Nação Cultural.

Oficineiro: Napoleão Assunção

Ponto de Cultura: OSCIP Diálogos

A Produtora Cultural Colaborativa é uma tecnologia social que transforma o processo de produção cultural (cobertura, registro multimídia, comunicação) em um processo educativo transformando a produtora em uma sala de aula. Em Pernambuco essa tecnologia é implementada através de um arranjo produtivo local de sete pontos de cultura: Pontão de Cultura Digital iTEIA, Ponto de Cultura CUCA Recife, Ponto de Cultura Canal Capibaribe, Ponto de Cultura Coco de Umbigada, Pontão de Cultura Digital CDTL, OSCIP Dialógos, Pontão de Cultura Sustentável Ciranda Solidária e Ponto de Cultura Pé-de-Serra.

Para saber mais sobre o conceito e o funcionamento das produtoras culturais colaborativas leia o artigo publicado na EXPOIDEA 2010: http://www.iteia.org.br/textos/produtora-cultural-colaborativa-artigo-expoidea-2010

Interessados preencham o formulário respectivo a cidade e período desejados. As inscrições são gratuitas e abertas prioritariamente para os pontos de cultura com objetivo de atender as demandas de formação em cultura digital levantada pelos pontos integrantes do GT de Comunicação da Rede.PE.

Datas e Inscrição:
Cidade: Triunfo
Data: 26/07 – 30/07
Inscrição: http://va.mu/CqMc

Cidade: Pesqueira
Data: 01/08 – 05/08
Inscrição: http://va.mu/CqFm

Cidade: Taquaritinga do Norte
Data: 08/08 – 12/08
Inscrição: http://va.mu/CqFR

Cidade: Gravatá
Data: 15/08 – 19/08
Inscrição: http://va.mu/CqLj

Os pontos de cultura participantes da Produtora Cultural Colaborativa integram a equipe de comunicação da FUNDARPE nos Festivais e esta parceria amplia as ações dos pontos de cultura para além dos editais e demais iniciativas de fomento promovidas pelo Mais Cultura. Os pontos de cultura de forma colaborativa produzem e ensinam publicando os conteudos na rede Pernambuco Nação Cultural (nacaocultural.pe.gov.br). Se seu coletivo está com o kit multimídia subutilizado aproveite essa série de oficinas e em diferentes cidades do estado e garanta a participação do seu ponto de cultura.

Apareça, divulgue e Participe! Contamos com sua colaboração!